Antigo Testamento

samuel reprova rei

a) Juízes, 21, 25

Nesse tempo não havia rei em Israel, e cada um fazia o que achava melhor.

 

b)  Sam. 8, 5b – 22.

Disseram a Samuel: “Dá-nos um rei para que nos governe, como acontece em todas as nações”. Não agradou a Samuel a frase que eles disseram: “Dá-nos um rei para que nos governe”. Então Samuel invocou o Senhor. E o Senhor disse a Samuel: “Atende à voz do povo em tudo o que eles pedirem, pois não é a ti que eles rejeitam, mas a Mim; não querem que Eu reine mais sobre eles. Assim como eles têm feito desde o dia em que os tirei do Egipto até hoje, abandonando-Me e servindo outros deuses, a mesma coisa fizeram eles contigo. Atende o seu pedido. Contudo mostra com clareza e explica os direitos do rei que reinará sobre eles”.

Samuel transmitiu todas as palavras do Senhor ao povo que lhe pedia um rei. E disse-lhes: “Este é o direito do rei que vos governará:

- Ele convocará os vossos filhos para cuidar dos seus carros e cavalos e correr à frente do seu carro.

- Ele nomear-vos-á chefes de mil e chefes de cinquenta.

- Ele obrigar-vos-á a lavrar as suas terras, a fazer as suas colheitas, a fabricar as suas armas de guerra e as peças dos seus carros.

- As vossas filhas serão convocadas para trabalhar como perfumistas, cozinheiras e padeiras.

- Ele tomará os vossos campos, vinhas e os melhores olivais, para os dar aos ministros.

- Tomará a décima parte dos vossos olivais e vinhas, e dá-los-á aos seus oficiais e ministros.

- Os vossos melhores empregados e empregadas, os bois e jumentos, ele tomá-los-á para que fiquem ao seu serviço, e cobrará, como tributo, a décima parte dos rebanhos.

- E vós mesmos tornar-vos-eis seus escravos.

Quando isso acontecer, queixar-vos-eis do rei que escolhestes. Nesse dia, porém, o Senhor não vos dará nenhuma resposta”.

No entanto, o povo não quis ouvir as explicações de Samuel, e disse: “Não tem importância. Teremos um rei, e seremos também como as outras nações: o nosso rei governar-nos-á, irá à nossa frente para comandar as nossas guerras”.  Samuel ouviu tudo o que o povo disse e foi contá-lo ao Senhor. E o Senhor respondeu: “Se e isso que querem, dá-lhes um rei”.